sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Candidatos de Deus e do diabo


Fico intrigado ao ver os posicionamentos dos pastores diante os presidenciáveis. Algumas Igrejas apoiam um candidato porque “este” representa o evangelho e os outros são a personificação de Satanás. Ao mesmo tempo, outros pastores dizem que o “outro” que é de Deus e o resto não passa de um lixo moral...

É evidente que existem igrejas apoiando o PT, algumas o PSDB e outras a Marina, indiferentemente ao seu partido - “Ela é nossa irmã em Cristo”, dizem. Líderes protestantes que investem MILHÕES de reais em seu candidato, enquanto outros usam seu espaço na mídia para demonizá-lo e sugerir aos seus seguidores que votem no outro.

Muito bem, só há duas saídas para este paradoxo:

1ª. Estamos bem de presidenciáveis, indiferente de quem ganhar, representará para alguma parcela da Igreja, a vontade de Deus.

2ª. Como dizem por aqui em Brasília, “estamos no sal” ou seja, o candidato que ganhar é representante do Capiroto, do Tinhoso, do Coisa Ruim.

Os líderes religiosos estão mais preocupados com o candidato de sua estratégia eclesiástica (denominacional) do que por uma visão de Reino de Deus. Usam seus fiéis como massa de manobra, fazem terrorismo evangélico e anunciações proféticas nebulosas! Fala sério...

Como pastor, tenho meus candidatos. De Deputado Distrital/Estadual ao Presidente, mas não usarei o púlpito da minha Igreja para induzir os que me ouvem a votarem nos mesmos. Voto é secreto, individual e de consciência pessoal.

Infelizmente, existem cristãos achando que se não votarem nos candidatos que o pastor indicar, estará pecando contra Deus. Hoje, usam um termo chamado “fora da visão”. Isso é maldade com o neófito, gente...

Precisamos escolher com muita maturidade nossos candidatos, contudo, devemos avaliar as Escrituras Sagradas para percebermos que a verdadeira mudança que o mundo precisa não está nas mãos dos políticos, mas sim, nas mãos dos cristãos.

Temos nos tornado um povo muito passivo. Não somos mais protestantes. Não protestamos de mais nada. Pelo contrário, os candidatos entram em nossos templos, sobem em nossos altares e falam no lugar da nossa pregação. No final, o aplaudimos e damos nossos carros para serem adesivados.

Efésios 5:14-17 diz: "Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor".

Forte Abraço,

Mais em:

Nosso portal #tempodemudanca -http://www.tempodemudanca.com.br/tempo/tempo/html/pregadores/pastor/vermensagem.php?id=111

https://twitter.com/prleonardoa