quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Audiência da Globo não para cair

A mídia tem divulgado que o ano de 2014 da Rede Globo tem sido o pior em termos de audiência de todos os seus quase 50 anos de existência. Ao me deparar com esta notícia, fiquei feliz e comecei a pensar no porquê disso.

Muito bem, alguns fatores devem ser respeitados para entendemos com clareza o que está acontecendo com tal emissora.

1. DRAMATURGIA. Ninguém mais aguenta os enredos das novelas. Seja qual for, sempre é assim: o casal vai se apaixonar no início, se separar durante toda a novela, o vilão vai fazer maldades durante seis, sete meses e, no último capítulo, vai morrer e o casal se une com a mulher grávida.
No miolo desta trama colocam um casamento falido, com uma mulher chata, uma vizinha totalmente oposta à esposa e tentam convencer o espectador que a melhor coisa a se fazer é adulterar. Fora o estímulo ao sexo na adolescência, homossexualidade, mentira, ceticismo e valores que contrapõem a Bíblia Sagrada. 

2.  JORNALISMO. Não há imparcialidade na divulgação da informação ao espectador. Pautas interessantíssimas aos brasileiros ficam de fora porque ferem a “política da emissora”. Entidades maravilhosas que fazem o bem a milhares de pessoas nunca são promovidas em sua grade, porém, se há um escândalo de roubo ou qualquer desabono, a Globo massacra até sair sangue pelo controle remoto.

3. ENTRETENIMENTO. Futilidade atrás de futilidade. Sempre a mesma coisa. Auditórios mudam o design, mas os apresentadores e o conteúdo permanecem obsoletos. Os filmes que passam na “Tela Quente” são mais frios do que picolé no Polo Norte. Filmes ditos “inéditos” que saíram do cinema há mais de três anos.

Após esses pontos sobre o insucesso da emissora, vejamos o que tem acontecido com o brasileiro. Mesmo com tantas características ruins, a Rede Globo era, por muitos, a única saída de entretenimento televisivo. Contudo, hoje, há novas soluções. Vejamos.

 1. PIRATARIA.  Infelizmente não é correto, mas é algo que não podemos descartar. As pessoas tem tido maior oportunidade de acesso a filmes que estavam em cartaz há poucas semanas e várias séries de TV por assinatura. Sem falar no “gato net”.

2. TV POR ASSINATURA. Assinar um plano está cada vez mais fácil e barato. Por exemplo. Nessas eleições, no momento do Partido Político Obrigatório na TV Aberta, milhões de pessoas mudam para os canais de TV Fechada e pronto. Isso se repete no momento das novelas, que não edificam em nada e, principalmente, nas programações dos finais de semana.

3. INTERNET. O acesso ao Sistema Mundial de Computadores está se expandindo de uma forma avassaladora em todo território nacional. Através de sites como o Youtube, os navegadores escolhem o que querem assistir e quando assistir. Outra característica importantíssima para a queda da audiência da Rede Globo é a facilidade de baixar filmes com apenas um clique. Além das redes sociais que tomam horas do dia dos brasileiros. 

4. STREAMING. Serviços em streaming estão cada dia mais comuns por aqui. Um exemplo claro disso é o “Netflix” (basicamente uma locadora em casa) onde há uma biblioteca gigantesca que filmes que podem ser assistidos quantas vezes quiser por um valor, relativamente, barato. Obs. Não estou fazendo propaganda do serviço, contudo a informação é importante.

Durante anos o Brasileiro foi pressionado a assistir somente o que a televisão queria transmitir. Hoje essa situação está bem diferente. É claro, uma parte grande da população ainda não possui acesso a tais serviços, contudo, acredito ser questão de tempo. Aí, a audiência da Emissora dos “Marinhos” terá novas quedas consideráveis.

Tenho certeza que o império da Rede Globo tem chegado perto de sua descensão. Infelizmente, os demais canais também desfrutam dos mesmos péssimos valores. São seis por meia dúzia.

Oro ao Senhor para que Ele levante emissoras com valores familiares, que propaguem o amor ao próximo e a comunhão com os que precisam mais. Vale lembrar que temos um projeto, ainda embrionário, de nossa Tv Online. A TvM – Tempo de Ver Mudança.

Conheça este projeto em nosso portal: www.tempodemudanca.com.br/tvm

Fique atento e preste atenção no que você assiste.

Forte Abraço.

---

Mais em:

Nosso portal #tempodemudanca - http://www.tempodemudanca.com.br/tempo/tempo/html/pregadores/pastor/vermensagem.php?id=111

Twitter:  twitter.com/prleonardoa

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Candidatos de Deus e do diabo


Fico intrigado ao ver os posicionamentos dos pastores diante os presidenciáveis. Algumas Igrejas apoiam um candidato porque “este” representa o evangelho e os outros são a personificação de Satanás. Ao mesmo tempo, outros pastores dizem que o “outro” que é de Deus e o resto não passa de um lixo moral...

É evidente que existem igrejas apoiando o PT, algumas o PSDB e outras a Marina, indiferentemente ao seu partido - “Ela é nossa irmã em Cristo”, dizem. Líderes protestantes que investem MILHÕES de reais em seu candidato, enquanto outros usam seu espaço na mídia para demonizá-lo e sugerir aos seus seguidores que votem no outro.

Muito bem, só há duas saídas para este paradoxo:

1ª. Estamos bem de presidenciáveis, indiferente de quem ganhar, representará para alguma parcela da Igreja, a vontade de Deus.

2ª. Como dizem por aqui em Brasília, “estamos no sal” ou seja, o candidato que ganhar é representante do Capiroto, do Tinhoso, do Coisa Ruim.

Os líderes religiosos estão mais preocupados com o candidato de sua estratégia eclesiástica (denominacional) do que por uma visão de Reino de Deus. Usam seus fiéis como massa de manobra, fazem terrorismo evangélico e anunciações proféticas nebulosas! Fala sério...

Como pastor, tenho meus candidatos. De Deputado Distrital/Estadual ao Presidente, mas não usarei o púlpito da minha Igreja para induzir os que me ouvem a votarem nos mesmos. Voto é secreto, individual e de consciência pessoal.

Infelizmente, existem cristãos achando que se não votarem nos candidatos que o pastor indicar, estará pecando contra Deus. Hoje, usam um termo chamado “fora da visão”. Isso é maldade com o neófito, gente...

Precisamos escolher com muita maturidade nossos candidatos, contudo, devemos avaliar as Escrituras Sagradas para percebermos que a verdadeira mudança que o mundo precisa não está nas mãos dos políticos, mas sim, nas mãos dos cristãos.

Temos nos tornado um povo muito passivo. Não somos mais protestantes. Não protestamos de mais nada. Pelo contrário, os candidatos entram em nossos templos, sobem em nossos altares e falam no lugar da nossa pregação. No final, o aplaudimos e damos nossos carros para serem adesivados.

Efésios 5:14-17 diz: "Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor".

Forte Abraço,

Mais em:

Nosso portal #tempodemudanca -http://www.tempodemudanca.com.br/tempo/tempo/html/pregadores/pastor/vermensagem.php?id=111

https://twitter.com/prleonardoa

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Use sua fé ininterruptamente

A fé não é um sentimento porque o mesmo sempre está interligado às situações e contextos. Se as coisas estão indo bem, você fica feliz. Caso ocorram momentos de tribulações, você se entristece. Quando está apaixonado, tudo é lindo e colorido. Nada disso é errado, muito pelo contrário. Fico triste quando vejo pessoas que não vivem tais momentos.
Contudo, a fé indefere a situação. Mesmo em situações de medo o salmista Davi nos ensina a usarmos nossa confiança em Deus:

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam”, Salmos 23.4.

Posso passar triste pelo vale da sombra da morte, todavia, minha confiança em Deus não me permite desanimar. Isso é fé. Nada, absolutamente nada, pode retirar de nossos corações a convicção de que o nome do Senhor será glorificado através de mim e de ti.

Deus é soberano para realizar todos os Seus propósitos em nossas vidas. Precisamos ter fé nesta palavra e nunca aceitarmos superioridades de satânicas sobre nós. O diabo pode até tentar, mas ele tem que cair:

“E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém”, Romanos 16.20.

Deus o abençoe,

Forte abraço,