segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Campanha dos 21 dias


Durante os primeiros 21 dias do mês de novembro (2013), haverá na Igreja Tempo de Mudança um Especial Ato Profético. A Campanha dos 21 dias vem como uma forte direção do Senhor para os que desejam buscar mais a Deus, santificar-se e crescer espiritualmente.

Cultos todos os dias revestidos de uma jejum muito especial: Todo tipo de meio de comunicação e entretenimento. São eles: TV, radio, internet, cinema, jornal, revista e vídeo game. Isso servirá para sencibilizar seu espírito ao fugir da alimentação que o mundo oferece.

Mais em www.tempodemudanca.com.br

Forte abraço,

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Com quem devo me abrir? Como compartilhar um segredo?

Graça e Paz em nome do Senhor Jesus Cristo,

Quero meditar com você, nesta sexta-feira, um assunto de suma importância para o sucesso dos planos de Deus em nossas vidas.
Vamos meditar sobre: Com quem devo me abrir? Como compartilhar um segredo?

Veja o primeiro princípio sobre o assunto, Provérbios 11.13:
"O mexeriqueiro revela o segredo, mas o fiel de espírito o mantém em oculto".

Como pastor, escuto diariamente a frase: “pastor, fica só entre nós isso que vou te contar”. Graças a Deus, tenho sido um homem perseverante eu ouvir, aconselhar e guardar o Segredo. Aliás, guardo até demais.

Existem momentos que pessoas pedem para avisar alguma coisa a alguém e nem me lembro de falar. Estou tão acostumado a ouvir e guardar que quando é para eu passar para frente acabo não fazendo. Minha mente já está doutrinada a guardar.

Infelizmente nem todos são assim. Vejo pessoas que possuem um carisma muito grande para fazer amizades, ganhar a confiança de forma extremamente rápida, porém não ajudam em nada ao saber segredos, problemas ou situações da vida do outro. Pelo contrário, são verdadeiros proliferadores de informações da vida alheia.

Tome muito cuidado com as pessoas que você decide abrir seu coração. Elas podem agravar ainda mais seu problema e, em alguns casos, transformá-lo em uma situação irreversível.
Segue algumas dicas para seu crescimento espiritual, preservação da sua intimidade e, quando você for o ouvinte, saber o que deve fazer.

(1º CUIDADO) Conheça bem a pessoa que você está conversando. Não valorize demasiadamente o cargo eclesiástico e/ou profissional que esta possui. Ex.: Ele(a) é um(a) líder, pastor(a) logo, posso contar tudo.

Infelizmente, existem momentos em que a ovelha se expõe em um gabinete e depois de poucas horas, várias pessoas já estão sabendo da conversa toda. Entenda, isso não é uma regra. Simplesmente, tome cuidado e tenha confiança na pessoa.

Deus tem levantado grandes homens e mulheres para dar bons aconselhamentos e cobertura espiritual.

(2º CUIDADO) Não conte projetos ainda embrionários para pessoas que você tem pouca intimidade. Pode ser gerado inveja e maus conselhos derivados deste sentimento maldito.

(3º CUIDADO) Não se exponha em redes sociais. Ex.: Nunca escreva frases como: “Logo, logo vocês terão uma grande surpresa! Mal posso esperar!”.

Outro problema com redes sociais existe quando um casal briga ai logo publica uma frase na internet ou retira todas as fotos... Coloca status de “solteiro(a)”. Depois de um tempinho fazem as pazes só que o planeta inteiro vai ficar olhando e pensarão: Eita casalzinho problemático.

(4º CUIDADO) ESSE É PARA O OUVINTE. Tome muito cuidado com as pessoas que lhe contam coisas. Veja se realmente você precisa saber. Dependendo do contexto, você pode virar cúmplice de um problema que sua ajuda é desnecessária.

Outro problema, dependendo do segredo e da pessoa que lhe contou, só porque você o ouviu, ela pode concluir que a sua opinião é a mesma. Aí o fofoqueiro vai desabafar com outro e dirá: “Aliás, eu conversei com Fulano (você que ouviu) e a opinião é a mesma”. Muito cuidado!

Para concluir esta devocional, quero que você medite no caráter de Cristo para falar e ouvir. Busque o Espírito Santo e peça para ele te dar o discernimento necessário para agir de forma saudável.

Forte abraço.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

CDHM cria PL que e exime igrejas de realizar casamento gay

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias aprovou nesta quarta-feira (16) o Projeto de Lei 1411/11, que desobriga qualquer organização religiosa a efetuar casamento religioso em desacordo com suas crenças.

A proposta quer evitar que os religiosos sejam criminalizados caso se recusem a realizar casamentos homossexuais, batizados ou outras cerimônias de filhos de casais gays ou mesmo aceitar a presença dessas pessoas em templos religiosos.

Fonte: Agência Câmara Notícias 

Ok, vamos lá...

Devemos entender que este projeto de lei não existe para haver descriminação sexual, intelectual, filosófica ou de qualquer cunho. O PL 1411/11 é um escudo para qualquer credo, não somente a fé evangélica, na defesa contra o “modismo” do desrespeito religioso camuflado no termo “liberdade de expressão”.

Quando um ateu quiser manifestar seu ateísmo, manifeste em seu espaço: casa, rede social, nas ruas, salões céticos, etc. Não vai entrar com um megafone dentro de uma igreja cristã e sair desrespeitando as pessoas com o argumento da liberdade de expressão.

Assim também para os homossexuais, querem união estável, tudo bem. Faz parte de um processo de direitos iguais de uma sociedade. Até casar no civil, ter festa, etc. Contudo, afrontar, por orgulho, uma Igreja e coagi-la para realizar uma cerimônia religiosa é brincadeira.

Contraponto: Os fanáticos evangélicos que, vez ou outra, invadem terreiros de macumba, igrejas católicas e boates gays e começam a gritar sobre Jesus não farão mais isso. O que é um grande alívio.

A Igreja de Cristo Jesus precisa permanecer em constante oração para as próximas retaliações que surgirão após a aprovação desta lei. Mais um triunfo da família. Louvado seja o nome do Senhor.

Forte Abraço.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Feliz aniversário Mãe!




Hoje é um dia muito especial. Aniversário da melhor mãe já nascida no planeta terra; de Eva até o presente século.

Agradeço todos os dias pela mãe que o Senhor me presenteou. Tenho certeza que o Roberto faz o mesmo. Nós temos essa mãe por sorte, ou melhor, por graça. Esperto é meu pai que a escolheu como esposa.

Mulher de fé, mãe, amiga, confidente e tantas outras virtudes. Sempre acima da média em tudo que se aplica a fazer.

Como seria bom para a Igreja no Brasil se todos os aspirantes ao diaconato tivessem, pelo menos, um mês de contato com Maria do Socorro Felix de Araújo. Sorte para os da ITM. Se alguém tem dúvida do que significa ser servo de Deus com temor, ética, esmero, simplicidade e compaixão, aí esta um exemplo.

Mãe, em nome de meu irmão e de suas noras, gostaria de dizer que te amamos muito e somos, sem a menor sombra de dúvida, insuficientemente capazes de demostrar, diariamente, tal amor, apreço e admiração por você.

De zero a dez a senhora é mil!

Feliz aniversário.